CIRURGIA PLÁSTICA

  • Lifting facial

    Atualmente, a cirurgia plástica (face lift) de rosto e pescoço envolve técnicas precisas e delicadas, que chegam a modificar as estruturas profundas da face. Essa nova maneira de modelar foi aprimorada nos anos 90, e apesar de trabalhosa garante um resultado estético melhor e mais duradouro, sem aquele aspecto "repuxado" de plástica facial. A ritidoplastia (nome técnico da cirurgia) recupera os contornos mais joviais da face e do pescoço, mediante a remoção do excesso de pele e gordura e do realinhamento da camada músculo-aponeurótica.

    Também são corrigidos os sulcos em torno da boca e o queixo duplo(este através de lipoaspiração mentoniania), dando ao paciente um aspecto mais jovem e bonito.

  • Macs lift

    O Macs Lift é uma técnica de minilifting com resultados semelhantes ao lifting facial convencional, trazido ao meio médico por Cirurgiões Plásticos Americanos, desde 2006. É um procedimento com recuperação mais rápida, menor inchaço, menores cicatrizes e excelentes resultados.

  • Suspensão de cauda de supercílio

  • Rejuvenescimento facial

 

  • Blefaroplastia

    Essa cirurgia contribui de maneira considerável para a melhoria da aparência, e proporciona um aspecto facial mais leve e descansado. A blefaroplastia reduz o excesso de pele e remove as bolsas de gordura, responsáveis pelo aspecto caído das pálpebras superiores e pelo inchaço das inferiores.

    A recuperação desta cirurgia é rápida e de grande satisfação com o resultado.

  • Rinoplastia (correções do nariz)

  • Otoplastia (correções da orelha)

  • Correção de fissura de lóbulo de orelha

  • Reconstrução de lóbulo de orelha

 

 

  •  Correção de Ginecomastia (redução de mamas masculinas)

    A ginecomastia é assim denominada quando há permanência de tecido mamário nos homens. Há dois tipos de ginecomastia, a verdadeira se for formada por glândula mamária e a pseudoginecomastia quando formada por gordura. A primeira é tratada com incisão ao redor da aréola e retirada do tecido mamário, já a segunda, é tratada com lipoaspiração.

  • Mamoplastia redutora (redução de mamas)

    A mamoplastia redutora é recomendada a pacientes com seios aumentados; ou com infecção cística das mamas; ou com dores nas costas, ombros, pescoço e mamas provocadas pelo peso das mamas grandes; perda da sensação nas mamas; problemas para dormir relacionados a mamas grandes; estrias; dentre outras. É uma cirurgia de retirada de uma parte do tecido das mamas, e os mamilos podem ser deslocados para uma posição superior por motivos de ordem cosmética.
    O tamanho da cicatriz varia com a técnica utilizada, sendo que quanto maior a diminuição das mamas, maiores elas serão. Normalmente, as cicatrizes estão localizadas no sulco mamário e não são visíveis através dos trajes de praia tradicionais e sutiãs.

  • Mamoplastia redutora com prótese mamária

    Este tipo de cirurgia tem bastante aceitação nos dias de hoje, pois mesmo pacientes com mamas volumosas que podem ficar bem desenhadas com a redução de mama convencional, apresentam o colo mais achatado, com resultado menos duradouro com o passar de poucos anos. É aí que a prótese mamária atua, desenhando um colo natural, bonito e duradouro.

  • Mastopexia com prótese mamária (retirada de pele das mamas para elevá-lás com prótese de mamas)

    A mastopexia com prótese mamária nada mais é que a redução do excesso de pele das mamas que acontecem principalmente após amamentação ou perda de peso importante e que para que se tornem esteticamente bonitas e bem formadas, associa-se a colocação de próteses.

 

  • Lipoaspiração

    A lipoaspiração é um dos procedimentos mais frequentes em cirurgia plástica. Em geral, acontecem depósitos de gordura em várias partes do organismo que contribuem para a aparência desproporcional do contorno corporal. A lipoaspiração atua removendo o excesso de tecido de gordura, criando aparência mais emagrecida. A lipoaspiração pode ser realizada isolada, ou em associação a outros procedimentos para redução do abdome. No entanto, a lipoaspiração não é um tratamento eficaz para celulite ou obesidade.

Mamoplastia de aumento com prótese mamária (Cirurgia de prótese de mamas)

É indicada para mulheres que apresentam seios pequenos, ou que diminuíram após amamentação ou na perda severa de peso, ou para corrigir pequenas quedas ou flacidez mamárias.  Essa cirurgia apresenta ótimos resultados, proporcionando um aspecto bem natural.

Na cirurgia, o tecido mamário é descolado do músculo peitoral, onde é criado um espaço para que a prótese de silicone seja colocada. Eventualmente, faz-se necessário colocar a prótese abaixo do músculo peitoral, mas trata-se de técnica específica para paciente com mamas muitíssimo pequenas ou com alguma outra especial alteração a ser estuda junto com o cirurgião. Há vários tipos, formatos e volumes de implantes a serem utilizados e devem ser avaliados também junto com o seu cirurgião em consulta médica.

A cicatriz geralmente é pequena e fica em locais escondidos. Os locais mais comuns são: no sulco mamário, ao redor da aréola, na área de transição entre a aréola e a pele ou na axila.

Você poderá realizar atividades leves em 15 dias, devendo-se evitar os movimentos mais vigorosos dos braços. E nos 15 dias seguintes, ainda é necessário a não exposição ao sol e evitar esforços físicos ou carregar peso.

  • Lipoaspiração de Abdome

    Embora existam vários técnicas de lipoaspiração, a técnica tumescente é uma das mais utilizada. Antes de remover a gordura, injeta-se líquido na área a ser tratada através de um dispositivo com orifício chamado cânula. A solução injetada auxilia a entorpecer a área tratada, controla a perda sanguínea e facilita a remoção da gordura. Procede-se, então a retirada de gordura localizada das áreas demarcadas do abdome de cada indivíduo, podendo incluir regiões do dorso (costas) e flancos (laterais do abdome).

     

  • Lipoescultura

    Na realidade a lipoescultura é um aperfeiçoamento da lipoaspiração. Ambos os métodos visam retirar a gordura em excesso no subcutâneo para melhorar o contorno do corpo. A grande diferença está nas cânulas que na lipoescultura são bem mais finas e na profundidade de trabalho que é bem mais superficial na lipoescultura, isto é, na lipoescultura, graças ao diminuto diâmetro das cânulas podemos trabalhar bem próximos à pele sem causar as desagradáveis depressões, tão comuns nos tempos da lipoaspiração. Além disso, a cânula nas camadas mais superficiais do subcutâneo, bem junto à pele, vai conseguir "irritar" esta pele para estimular sua retração e, com isto, evitar, na maioria dos casos, a necessidade da retirada de pele num segundo tempo cirúrgico. Na lipoescultura, parte da a gordura retirada é usada como enxerto para modelar outras regiões do corpo, como glúteos, face, depressões da pele.

  • Abdominoplastia e Lipoabdominoplastia

    São candidatas a este tipo de cirurgia pacientes com excesso de pele e gordura no abdome que, com o envelhecimento, gravidezes, alternância de engorda e emagrecimento, deixam um abaulamento flácido na região, formado por sobra de gordura e principalmente de pele. A abdominoplastia remodela o abdome abaixo do umbigo ao ajustar a cinta muscular frouxa.

  • Miniabdominoplastia e Miniabdominoplastia com lipoaspiração

 

Soul Brava Clínica

RIVIERA Business Mall

Rodovia Osvaldo Reis, 3281 Sala 803

Praia Brava - Itajaí - SC

Fone (47) 3046-8280

Whatsapp (47) 99991-5380

contato@soulbrava.com.br

Médico responsável: Dr. Felix Dong Ik Lee

CRM 12817-SC

 

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon