A genômica não é estática

A evolução do conhecimento sobre genoma humano permitiu um intenso avanço na compreensão de como o nosso organismo funciona e interage com o ambiente externo. Atualmente é possível entender a base do surgimento de doenças através da identificação de genes e sua interação com diversos fatores ambientais, incluindo a DIETA ou ALIMENTAÇÃO HABITUAL.


Um dos marcos desses avanços foi o PROJETO GENOMA HUMANO, concluído em 2003, ficando claro que a genética NÃO É ESTÁTICA. Essa descoberta deu início a chamada "Revolução Genômica", na qual nosso genoma pode ser modificado por fatores ambientais.


Para entender melhor sobre essa ciência, trouxemos alguns conceitos para você se familiarizar:



Expressão gênica: quando a informação contida no gene (sequência do DNA) é processada e transformada em um produto gênico, tal como uma proteína que terá uma função no organismo.


Epigenômica nutricional: influência da alimentação sobre mudanças na expressão dos genes, sem alteração na sequencia do DNA. Pode ocorrer com exposição a alimentos, nutrientes e compostos bioativos.


Eventos epigenéticos: adaptação estrutural de regiões no cromossomo, a fim de registrar, sinalizar ou perpetuar a atividade da expressão gênica.


Genótipo: refere-se à constituição genética do indivíduo, ou seja, os genes que ele possui


Fenótipo: características físicas (como por exemplo a cor do olho, dos cabelos), bioquímicas e fisiológicas apresentadas pelo indivíduo e determinadas pela soma do genótipo com o ambiente.


A aplicação da genômica requer compreender todas as variáveis de como a dieta pode afetar o fenótipo, levando em consideração a nutrigenética, o histórico familiar, parâmetros bioquímicos, presença de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças. O conceito adquirido com a genômica nutricional requer uma abordagem baseada em evidências científicas para validar recomendações personalizadas que resultem em benefícios de saúde para os indivíduos e não lhe causem danos.



Já pensou que é possível identificar suas tendências genéticas e a partir delas modula-las por meio de intervenções nutricionais ou suplementação ou até mesmo fazendo um exercício mais adequado para seu biotipo?

#emagrecimento #dna #saude #genoma #nutrigenetica #nutrigenomica #dieta #epigenetica #soulbrava #testesgeneticos #perfilgenetico #endocrinologia #longevidade #nutricao #nutrologia

Posts Recentes
Arquivo